Engenharia Elétrica

Modalidade: Bacharelado
Duração:
10 semestres
Vagas:
40
Turnos:
Vespertino e noturno

O curso de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) teve inicio no segundo semestre de 2009 no Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas (ICEA), localizado no campus de João Monlevade. Tem como objetivo formar profissionais com estudos teóricos embasados no calculo, na eletricidade, na eletrônica e na informática.
O aluno da UFOP poderá atuar em áreas industriais, com projetos, desenvolvimento, utilização e gerenciamento de sistemas elétricos ou ainda nos sistemas de automação. De forma critica e criativa, poderá trabalhar em vertentes de concepções ou de execuções, aliando as ações ao contexto social, político e ambiental, temas recorrentes da formação universitária.
Para complementar a formação profissional do graduado, o curso oferece três opções de ênfase: Sistemas Elétricos, Sistemas de Controle e Telecomunicações.
Alem da sólida formação tecnológica o curso de Engenharia Elétrica da UFOP pretende formar profissionais empreendedores e dinâmicos, capases de atuar no mercado globalizado e em constante mudança, adequando-se a todas as atividades necessárias.
 
Áreas de Atuação
 
O engenheiro eletricista é apto a desenvolver dispositivos eletrônicos capazes de auxiliar na solução de problemas nas mais diversas áreas, de forma adequada e eficiente. Poderá atuar no projeto, desenvolvimento, utilização e gerenciamento de sistemas elétricos, assim como sistemas de automação e controle de processos industriais e de telecomunicações. Poderá ainda aplicar os conceitos de Engenharia Elétrica em outras áreas de conhecimento ou dirigir-se aos cursos de pós-graduação para desenvolver uma carreira nas áreas de ensino e pesquisa.
 
Depoimento
 
O curso de Engenharia Elétrica da UFOP em João Monlevade possibilita que o aluno adquira um sólido embasamento dos fundamentos matemáticos, físicos e humanistas necessários à pratica de engenharia, independentemente da área de atuação. Alem disso, também permite uma formação especifica mais aprofundada nas áreas de Controle de Processos, Sistemas Elétricos de Potencia e Telecomunicações, as quais são de grande interesse da região na qual se localiza a cidade sede do curso. Em ultima instancia, o aluno tem a opção por uma formação generalista ou especifica, que permite a atuação do profissional na pratica industrial, na pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias na academia ou nas empresas dos mais diversos setores, que necessitam de conhecimentos em geração e transmissão de energia, automação, eletrônica, dentre outros, no mercado nacional e internacional.
Glauco Yared, professor do Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas (ICEA)
 
 
Vídeo Institucional